Materiais Para Compor o Forro


=> FORRO DE GESSO: É o tipo de foro mais comum, principalmente por sua versatilidade. Pode ser de gesso comum, que consiste em pequenas placas dispostas lado a lado e depois cobertas por massa dando um caráter de peça única, ou gesso acartonado, ou até mesmo o tão conhecido drywall, que são placas maiores e mais resistentes com papel cartão.
O Gesso acartonado é um pouco mais caro, mas também é mais resistente, tem melhor acabamento e sua instalação suja bem menos. Mas sua principal vantagem é a diversidade de acabamento, podendo haver grandes cortes para embutir a iluminação.

=> FORRO DE MADEIRA: Sua principal vantagem é o conforto térmico e acústico que confere aos ambientes, pois ele absorve os sons e tem temperatura sempre agradável. Pode ser pintado na mesma cor das paredes, ideal para ambientes pequenos e com decoração clara.

=> FORRO DE PVC: O forro de PVC, tem sua principal qualidade na praticidade, já que sua manutenção é fácil, resiste a umidade, não sofre ataque de cupins, não precisa receber pintura e além de tudo, seu preço é o mais acessível. Esse forro costuma vir com uma película térmica, que faz com que ele tenha um desempenho um pouco melhor nesse sentido, embora não deixe o ambiente tão confortável quanto a madeira. Por ser um material mais rígido acaba tendo menos aderência ao som e ecoando um pouco mais do que quando se usa um forro de madeira ou gesso.

=> FORROS MODULARES: O forro modulado, que consiste em uma grelha metálica fechada, com várias placas soltas. É bem fácil de ser reconhecido, pois a grelha metálica fica aparente, formando um quadriculado. Seu preço varia em função da placa utilizada que pode ter diferentes características.

Nossos Parceiros



App

Solicite seus orçamentos pelo nossoAplicativo. Agora, ficou muito mais fácil de construir e reformar.

Com um simples cadastro e alguns cliques você envia seu orçamento para diversas empresas do segmento!

Disponível em: